Publicado em

9 benefícios da coenzima Q10 (CoQ10)

A coenzima Q10, também conhecida como CoQ10, é um composto que ajuda a gerar energia nas células.

Seu corpo produz CoQ10 naturalmente, mas sua produção tende a diminuir com a idade. Felizmente, você também pode obter CoQ10 através de suplementos ou alimentos.

Condições de saúde como doenças cardíacas, distúrbios cerebrais, diabetes e câncer têm sido associadas a baixos níveis de CoQ10 (1)

Não está claro se os baixos níveis de CoQ10 causam essas doenças ou são um resultado deles.

Uma coisa é certa: muitas pesquisas revelaram a ampla gama de benefícios para a saúde da CoQ10.

Veja os 9 benefícios da coenzima Q10:

1. Pode ajudar a tratar a insuficiência cardíaca

CoQ10 parece ajudar a tratar a insuficiência cardíaca, melhorando a função cardíaca, aumentando a produção de ATP e limitando o dano oxidativo.

2. Poderia ajudar com a fertilidade

As propriedades antioxidantes da CoQ10 podem ajudar a melhorar a qualidade do esperma e reduzir o declínio no número e na qualidade dos ovos nas mulheres.

3. Pode ajudar a manter sua pele jovem

Quando aplicada diretamente na pele, a CoQ10 pode reduzir os danos causados pelo sol e aumentar a proteção antioxidante. A suplementação com CoQ10 também pode ajudar a diminuir o risco de câncer de pele.

4. Pode reduzir dores de cabeça

A suplementação com CoQ10 parece ajudar a prevenir e tratar a enxaqueca, pois aumenta a função mitocondrial e reduz a inflamação.

5. Pode ajudar no desempenho de exercício

O desempenho no exercício pode ser afetado pelo estresse oxidativo e pela disfunção mitocondrial. CoQ10 pode ajudar a reduzir o dano oxidativo, promover a capacidade de exercício e diminuir a fadiga.

6. Poderia ajudar com Diabetes

A suplementação com CoQ10 pode ajudar a aumentar a sensibilidade à insulina e melhorar os níveis de açúcar no sangue.

7. Pode desempenhar um papel na prevenção do câncer

A CoQ10 desempenha um papel crítico na proteção do DNA celular e na sobrevivência celular, os quais estão fortemente ligados à prevenção e recorrência do câncer.

8. É bom para o cérebro

CoQ10 foi mostrado para proteger as células do cérebro de danos oxidativos e reduzir a ação de compostos nocivos que podem levar a doenças cerebrais.

9. CoQ10 poderia proteger os pulmões

CoQ10 pode reduzir o dano oxidativo e inflamação que resulta em doenças dos pulmões.

Fonte: (1)

Aproveita para comprar na promoção aqui

Publicado em

Como comer a gojiberry de forma correta

As bagas de Goji  foram usadas por séculos na comida e na medicina do leste asiático. Esta fruta leve e picante é um pouco doce e azeda e geralmente é encontrada seca. Ele tem sido usado pelos fitoterapeutas chineses para ajudar a visão, proteger o fígado, estimular a função imunológica e promover a longevidade. Por causa de suas altas qualidades antioxidantes, adicionar bagas de goji à sua dieta pode ser muito benéfico.

Como você pode usar a GojiBerry?

  1. Em primeiro lugar, coma-os crus! Um pequeno punhado por dia serve.
  2. Suco: Bagas de Goji também estão disponíveis na forma de suco. De preferência para os sem açúcar.
  3. Chá: Goji berries pode ser usado para preparar um chá. Você pode adicionar um punhado de bagas de goji a um copo grande de água quente ou fria (ou chá de ervas) e deixar descansar e hidratar por 5 a 10 minutos. Eles incham e suculentos. Você pode beber o chá e comer as bagas hidratadas que são carregadas com antioxidantes.
  4. Smoothies: Mergulhe um punhado de bagas de goji em água por 10 minutos. Uma vez que eles são gordos e suculentos, adicione-os ao seu smoothie favorito. Não vai fazer muita mudança no sabor ou consistência do seu smoothie.
  5. Mix: Você também pode adicionar bagas de goji ao seu mix favorito ou, faça o seu próprio, misturando suas nozes favoritas e frutas secas com algumas bagas de goji.
  6. Cereal: Assim como passas, adicione algumas bagas de goji ao seu cereal quente ou frio pela manhã.
  7. Barras energéticas Goji: Misture um punhado de bagas de goji com uma xícara de nozes, ½ xícara de amêndoas e 5-6 tâmaras em um processador de alimentos. Enrole a mistura em bolas ou espalhe em uma panela funda para fazer barras.
Publicado em

Como armazenar as oleaginosas para não perder os nutrientes

Dicas de como armazenar suas oleaginosas sem perder os seus benefícios.

Armazenar oleaginosas é mais difícil do que armazenar grãos de cereais, pois são mais suscetíveis à deterioração e têm opções limitadas de controle de insetos.
O teor de umidade nas sementes de oleaginosas deve ser menor do que nos grãos de cereais, pois o teor de óleo aumenta o risco de moldagem e danos de qualidade.

Geralmente, as sementes oleaginosas são grãos de maior valor, além de estarem propensos a ataques de fungos e insetos, portanto, deve-se priorizar os grãos em relação à melhor instalação de armazenamento.

O armazenamento ideal de sementes oleaginosas terá:

■Refrigeração por aeração*.
■ Conduta de aeração adequada para pequenas sementes.
■ Maneiras fáceis de descarregar e descarregar, causando um mínimo de dano às sementes pelo maquinário.
■ Observar se está em altas temperatura, pouca umidade e têm atividade de insetos.
■ Vedação de qualidade, se possível em pote que seja hermético.

■Coloque o pote em um local escuro e fresco, em uma despensa. Suas oleaginosas devem ficar frescas por 2 a 4 meses dessa forma.
■ Uma estrutura fácil de limpar, para que as oleaginosas possam ser colocados em um local limpo, livre de pragas de insetos e resíduos de pesticidas não registrados.

Armazenar sementes oleaginosas com sucesso requer um gerenciamento cuidadoso com uma abordagem planejada e um sistema de armazenamento adequado.

 *Aerado significa que está ventilado, que tem espaço para o ar, que permite a circulação do ar, que tem formação de bolhas de ar.
Veja as promoções de oleaginosas clicando aqui.

 

Publicado em

Molho picante para salada

O molho picante para salada 🔥🔥

Nesse verão nada mais justo do que uma salada para refrescar. Segue um molho muito bom para se colocar na salada.

1 colher de sopa de manteiga Ghee
1 colher de sopa de vinagre de maçã orgânico
1/2 colher de sopa de água
1/4 colher de chá de pimenta cayena

Misture bem, tentando deixar o máximo homogênea e coloque sobre a salada com uma colher ou então burrifique sobre ela.
Autora : Naturelt

Publicado em

Bolo de maça – sem leite e sem glúten

Bolinho de maça feito pela Karina, super aprovado por toda família. Acompanhado por um café, excelente hein!!!
Serve como sobremesa após as refeições e para o lanche da tarde também.

Veja só como é prático e rápido fazer:

Bolo de Maça – Sem leite e sem glúten

  • 2 ovos
  • 3 colheres de farelo de aveia
  • 1 maça pequena ralada
  • 2 colheres de mel
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • Canela em pó a gosto
  • 1 colher de fermento para bolo
  • 1 ½ colher de uva passa
  • Bater tudo no liquidificador e colocar na forma de silicone (tamanho de um prato), ou pode colocar naquelas formas pequena em formato de bolinho,  levar ao forno médio por 35 minutos
  • Rendimento: uma forma do tamanho de um prato pequeno ou o equivalente a 4 bolinhos.

#bolodemaca #bolosemgluten #bolosemleite #receitanaturelt

Publicado em

10 curiosidades sobre o Ágar

 

Hoje nosso papo é a respeito do ágar-ágar. Nunca ouviu falar? Então senta que esse produto é poderoso e você vai amar saber mais sobre ele. O Ágar-ágar, chamado também de agarose ou simplesmente ágar para os íntimos, é uma substância retirada das paredes celulares das algas vermelhas que possui ótimos benefícios para nós. Embora o nome seja um pouco engraçado, ele tem origem no malaio, onde seu significado é gelatina. Confira abaixo 8 curiosidades que você não sabia sobre o ágar-ágar.

  • Cresce, e muito!

O Ágar é insolúvel em água fria, porém quando em contato com a água quente, tem um alto poder de absorção de líquido, podendo chegar até 3 vezes seu volume quando ingerido.

  • É famoso mundo afora

Esse poder fez com que uma dieta fosse criada no Japão chamada de Kanten. Como ele aumenta de tamanho, faz com quem o consome sinta uma sensação de saciedade, contribuindo para a diminuição do peso.

  • É magrinho, magrinho

Seu baixo teor calórico e sua grande quantidade de fibras contribuem para o bom funcionamento do intestino e reduz a absorção de gordura.

  • Xô, flacidez!

Quando consumido com regularidade ele promove a elasticidade da pele, diminuindo a flacidez ocasionada pela perca de peso. 

  • Desintoxica e hidrata!

Quando consumido em forma de chá, tem ação desintoxicante e hidratante, colaborando para a beleza da pele. Para utilizá-lo como chá basta usar uma colher de chá de pó de ágar em um copo de água morna. Espere dissolver e aproveite. Detalhe: é sem gosto. 

  • É ótimo para receitas de doce

Pode substituir facilmente a clara de ovo em receitas. Ótimo para quem é alérgico ao ovo e para os que desejam uma receitinha mais leve. Além disso, seu poder de gelificar é maior do que o da gelatina comum, podendo também substituí-la em preparos. Uma colher de chá de ágar-ágar em pó rende uma xícara de chá de gelatina. 

  • Os bichinhos não sofrem

Diferente da gelatina comum que tem origem animal, o ágar é de origem vegetal. Ou seja, nenhum bichinho sofreu para extrair essa substância. Se você é adepto de uma dieta vegana ou não curte sofrimento animal, vai aderir. 

  • É atóxica

Não precisa se preocupar em ter reação alérgica, já que ela não causa nenhum mal à saúde.

Publicado em

Receita de Panqueca sem Glúten!

Nós da Naturelt gostamos de comer bem e sabemos que você compartilha dessa paixão. Mas as vezes pode ser difícil encontrar aquele prato apetitoso que encha os olhos e que alie saúde e bem-estar sem ter aquela cara de “comida de academia”. Pensando nisso, nós resolvemos voltar a compartilhar com vocês algumas receitinhas maravilhosas que utilizam de ingredientes saudáveis que vão dar adeus as suas vontades de comer doce. E o melhor, sem culpa nenhuma!

Hoje trouxemos uma receita prática e deliciosa para aqueles que são alérgicos ou que estão diminuindo o consumo de glúten. É a panqueca feita com farinha de arroz.

 

Para a receita você vai precisar de:

–  1 Xícara de Farinha de Arroz

–  1 Xícara de Leite

–  1 Ovo

– 1 Colher de sopa de Ghee derretida

– 1 Colher de sopa de fermento em pó

– 1 Colher de chá de açúcar

– 1 Pitada de sal

 

Primeiro misture todos os ingredientes secos e reserve. Em outro recipiente misture os outros ingredientes (leite, ghee derretida e o ovo) preferencialmente com um batedor ou fuê. Junte tudo até que a massa fique homogênea. Unte a frigideira com ghee ou óleo de coco em fogo médio e despeje a mistura. Quando as bolinhas começarem a aparecer, vire a panqueca e deixe por mais 1-2 minutos. E voilá! Lembre-se de untar a frigideira para cada panqueca, se não gruda!

Adicione Mel e pedacinhos de frutas da sua preferência.

 

fonte: https://www.tudoreceitas.com/cozinheiro/2.html
Publicado em

Picolé de MATCHA ao Leite

Picolé de Matcha ao Leite

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de matchá
  •  2 xícaras de leite desnatado, de soja ou de amêndoas
  •  1 colher de sopa de mel ou seu adoçante

Preparo:

Misture  o matchá em pó com uma pequena quantidade de água em uma tigela e misture bem para evitar aglomeração. Coloque a mistura do matchá e os outros ingredientes no liquidificador em alta velocidade e bata até ficar homogêneo. Despeje em seu molde de picolé favorito, e congele por 3 a 4 horas ou até que esteja completamente congelado.

 

Aproveite em nosso site o MATCHA DETOX ABACAXI com HORTELÃ e use na receita para dar um gostinho a mais!

Publicado em

Fracionar as refeições faz bem à saúde

Fracionar Refeições

Quantas refeições você faz ao dia? Com certeza já ouviu falar da importância de fazer mais refeições ao longo do dia, em menor quantidade. Saiba que aumentar o número de refeições pode reduzir as flutuações dos níveis sanguíneos de insulina, glicose e hormônios intestinais de saciedade, que ajudam a controlar a fome.

De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal é fazer de cinco a seis refeições diárias. É preciso levar em conta os pontos de vista de equilíbrio metabólico, controle do peso, apetite e adequação da ingestão de nutrientes. Porém, a vida cada vez mais agitada nas médias e grandes cidades impõe uma rotina em que as pessoas saem de casa de manhã e só voltam à noite. Aí, além de opções pouco saudáveis, os lanches intermediários são realizados quando possível e não necessariamente no momento considerado ideal.

Uma pesquisa feita pela Toledo e Associados, em parceria com a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), sobre os hábitos alimentares dos brasileiros mostra que 79% têm os lanches intermediários inseridos em seu hábito alimentar, mas essas refeições são mais frequentes entre os mais jovens e de maior classe socioeconômica. O lanche da tarde é o mais consumido (69% dos entrevistados), tendo apresentado aumento de 40% na frequência de consumo entre 2006 e 2011.

Apesar do recente aumento da frequência de consumo do lanche, sua qualidade está sendo comprometida pelas escolhas. Um dos dados mais preocupantes é a superioridade da frequência de consumo de bebidas açucaradas no lugar de iogurte e leite, o que pode contribuir decisivamente para a ingestão insuficiente de cálcio pela população brasileira.

Outro ponto é o consumo de proteínas pela população brasileira como um marcador positivo da dieta. A variedade na dieta é fundamental, evitando a monotonia alimentar e favorecendo o consumo de uma maior gama de nutrientes.

Os alimentos lácteos, como o iogurte, contribuem não somente para o consumo de proteínas de alto valor biológico, como também para a ingestão adequada de micronutrientes.

Confira seis dicas para conseguir fracionar as refeições de forma saudável:

  1. Sempre tome café da manhã. Procure consumir algo de fácil preparo como, por exemplo, um pote de iogurte natural com frutas e cereais.
  2. Leve lanches versáteis para o trabalho. Uma dica para evitar a correria pela manhã é comprar mix de oleaginosas (castanhas, amêndoas…) ou mix de frutas desidratadas.
  3. Visite novos restaurantes e experimente novos alimentos. Às vezes, um alimento específico que não te agrada tanto pode trazer uma nova experiência de consumo quando preparado de outra forma. Para quem não gosta de brócolis, por exemplo, uma sugestão é consumi-lo refogado ao alho e óleo, gratinado, em pequenos pedaços no arroz, entre diversas outras maneiras.
  4. Separe uma de suas frutas preferidas (em unidade ou picadas). São ótimas opções para o lanche.
  5. Para a hora do jantar, uma alternativa ótima para manter a forma é uma salada com molho de iogurte. Para variar, acrescente ingredientes como cogumelos, croutons ou fatias de frango grelhado.
  6. E aquele tradicional leite quente antes de dormir? Que tal reinventá-lo? Vale batê-lo com frutas ou mesmo deixá-lo quentinho e misturar com granola.

Visite nosso site: www.naturelt.com.br

Fonte adaptada: universojatoba.com.br
Publicado em

Lasanha de Espinafre

Receita de Lasanha de Espinafre

Tempo de preparo: 10 minutos
Nível de preparo: Fácil

Ingredientes

1 xícara de ricota com baixo teor de gordura
¼ de xícara de queijo parmesão ralado na hora
1 ¼ de xícara de queijo mozarela light ralado, dividido
280g de espinafre picado e escorrido
700 ml de molho de tomate
9 lâminas de lasanha sem glúten*
250 ml (1 lata) de extrato de tomate

Modo de preparo

  1. Em uma tigela média, misture a ricota, o queijo parmesão, ¼ de xícara de queijo mozarela e o espinafre.
  2. Espalhe 1 xícara de molho de macarrão no fundo de uma assadeira. Arrume 3 folhas de massa de lasanha lado a lado em cima do molho (pode quebrá-las se for necessário para ajustá-las no espaço).
  3. Espalhe cerca de ⅓ de xícara da mistura de ricota/espinafre em cima da massa. Faça mais uma camada de molho, outra de massa e mais uma da mistura de ricota/espinafre e repita as camadas mais uma vez. Cubra com o restante do molho e também com o extrato de tomate. Polvilhe 1 xícara de queijo mozarela por cima.
  4. Coloque a assadeira no forno e asse de acordo com as instruções da massa.

* Se preferir, você também pode utilizar massa de lasanha integral.

Quantidade

Rende 12 porções de 180 calorias cada

 

fonte: site receita de vida